Connect with us

O que você está procurando?

Saúde da Mulher

Menstruação atrasou durante a pausa do anticoncepcional? Saiba o que pode ser

A preocupação mais comum quando a menstruação atrasa durante a pausa do anticoncepcional é a chance de uma gravidez

Menstruação atrasou durante a pausa do anticoncepcional? Saiba o que pode ser
Menstruação atrasou durante a pausa do anticoncepcional? Saiba o que pode ser - Foto: Shutterstock

O anticoncepcional regula o ciclo feminino de forma que, nas pausas do medicamento, é sempre prevista a chegada da menstruação. No entanto, quando isso não acontece, muitas mulheres costumam acreditar que a pílula falhou, resultando em uma gravidez. Mas será que esse é o único motivo para o atraso menstrual?

Para solucionar as preocupações sobre o assunto, conversamos com a ginecologista e obstetra Dra. Naira Scartezinni Senna, que explica como funcionam as pausas do anticoncepcional.

Os anticoncepcionais podem ser de 21 ou 28 pílulas. Nos casos que contém 21, a mulher deve fazer uma pausa de 7 dias e retomar a próxima cartela no 8º. Já os de 28 dias há a emenda de uma cartela na outra, ou seja, nesse caso a menstruação não ocorre. 

E, de acordo com a médica, não é possível engravidar nesse intervalo. “Se a pílula for tomada da maneira correta, não é possível engravidar”, salienta a especialista. 

O que pode causar atraso na menstruação

O que pode ocorrer, segundo Naira, são nos casos em que ocorre a troca de método contraceptivo ou até mesmo de medicamento devido a preferência e adaptação do organismo. “Nessa fase pode haver um tempo para o corpo se identificar com a nova maneira de prevenção. Com isso, recomenda-se o uso do preservativo”, explica a ginecologista.

A função do anticoncepcional é fazer o ovário dormir, ou seja, é como se o remédio enviasse uma mensagem: “você não precisa ovular, está tudo bem por aqui e principalmente, estou trazendo o hormônio que ela precisa”. Quando o anticoncepcional é interrompido, no entanto, esse ovário pode acordar de imediato ou demorar alguns meses para acordar.

Chances de gravidez

A especialista ressalta ainda que por isso existem algumas pacientes que quando esquecem de tomar a pílula ou decidem fazer uma pausa espontaneamente engravidam, mas isso tem a ver com a interrupção ou esquecimento e não com a pausa adequada que o medicamento precisa.

“Se o uso do método anticoncepcional ocorrer da maneira correta, isto é, tomado nos mesmos horários todos os dias sem esquecer, a chance de uma gravidez indesejada é praticamente inexistente”, destaca. 

Quando há o uso do anticoncepcional existe o sangramento mensal (menstruação), que é menor. “Isso ocorre devido aos hormônios presentes que fazem de tudo para imitar o ciclo menstrual de uma forma que a ovulação não aconteça e, por consequência, previne a gravidez”, finaliza a Dra. Naira Scartezinni Senna.

Advertisement

Você também vai gostar

Alimentação

Frequentemente confundida com a intolerância ao glúten, a doença celíaca é uma condição autoimune que exige uma série de restrições alimentares

Alimentação

Baixa produção de colágeno interfere na saúde das articulações. Entenda qual o impacto do açúcar nesses casos

Doenças

Rio Grande do Sul registrou ao menos 17 mortes por leptospirose após enchente histórica atingir o estado. Veja os sintomas da condição

Notícias

Chegar “lá” traz benefícios para todo o organismo, o que pode ser estimulado nesse Dia dos Namorados. Veja os impactos do orgasmo na nossa...