Connect with us

O que você está procurando?

Doenças

Dia Nacional da Saúde: quantidade de jovens cardíacos preocupa médico

Cardiologista alerta para como alguns hábitos atuais comprometem a saúde do coração

Dia da Saúde
Dia da Saúde / Foto: Shutterstock
[PAGE TITLE]

Hoje, 05 de agosto, é o Dia Nacional da Saúde, uma data simbólica, criada em homenagem ao médico Oswaldo Gonçalves Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872. E o objetivo do Dia da Saúde é, na verdade, conscientizar as pessoas sobre a importância do autocuidado para evitar complicações, doenças e infecções desnecessárias.

Atualmente, ainda mais depois do início da pandemia de Covid-19, que deixou as pessoas mais sedentárias, um problema que antes pouco preocupava as pessoas jovens, começou a deixar um importante sinal de alerta. A quantidade de indivíduos com pouca idade e que já apresentam sintomas cardíacos cresceu. E, nesse Dia da Saúde, o médico cardiologista, Dr. Roberto Yano, especialista em estimulação cardíaca artificial pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular, conta como isso ocorreu.

“Esse estilo de vida baseado em sedentarismo, stress, uso de celular da hora que o jovem acorda até a hora de dormir, má alimentação, estão acabando com a saúde dos jovens. Os casos de hipertensão arterial em jovens e até em crianças tem aumentado muito nos últimos anos e pasmem, a tendência é piorar ainda mais nas próximas décadas. Sendo assim, os pais desses jovens, preocupados e com razão com a saúde dos seus filhos, tem agendado consultas com cardiologistas cada vez mais cedo”, revelou.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Segundo o especialista, esse aumento de jovens com sintomas cardíacos é visível em seu consultório. E nada melhor do que o Dia da Saúde para orientar as pessoas sobre como prevenir doenças do coração desde o início da vida. “Alguns desses pacientes apresentam sintomas que vão desde o stress e a ansiedade, por todo esse estilo de vida péssimo que os jovens de hoje estão levando, até casos realmente graves como a própria hipertensão arterial, cardiopatias estruturais e casos de arritmia cardíaca em jovens”, diz o cardiologista.

A principal maneira de prevenção é a mudança de hábitos. Deixar o sedentarismo para trás e apostar em uma dieta equilibrada são as condutas que podem evitar problemas no coração. “A minoria dos casos é realmente de alguma doença grave. Mas, de qualquer forma, a orientação é sempre a mesma. Independentemente da idade, em caso de sintomas cardíacos como os que eu citei acima, o cardiologista deve sempre avaliar o jovem. Em dúvida procure sempre o especialista”, finaliza o Dr. Yano, nesse importante Dia da Saúde.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Advertisement

Você também vai gostar

Insônia

Aprenda como os seus hábitos podem interferir diretamente durante no descanso

Emagrecer

Nutricionista revela pequenos segredos que vão deixar a sua dieta mais saborosa

Alimentação

Conheça os benefícios que a bebida pode oferecer para o seu bem-estar

Saúde Mental

Descubras os sintomas e o tratamento da "doença da falta de afeto"